Judiciário Federal: Greve começa a crescer e deve aumentar nas próximas semanas.

Servidores do Judiciário Federal de quatro estados [Bahia, Mato Grosso, São Paulo e Amazonas] estão em greve por tempo indeterminado para pressionar em defesa do fechamento de um acordo orçamentário e da aprovação do PCS. A orientação da Fenajufe é que até o dia 18 de outubro todos os demais estados também entrem na greve, reforçando o movimento em nível nacional. 

No momento, outros estados, como Maranhão, Pernambuco, Rio de Janeiro e Piauí já decidiram a data da deflagração da greve por tempo indeterminado. Em outros, os sindicatos promovem paralisações de 24 horas ou parciais, atos e assembleias, visando à construção do movimento com a categoria.

 

A expectativa é que o número de estados na greve aumente nos próximos dias. Confira abaixo o quadro atual.

Greve por tempo indeterminado
Sindjufe-BA: Em greve por tempo indeterminado desde o dia 1º de junho, os servidores baianos continuam a paralisação em defesa do PCS. Assembleia desta quinta-feira [06] aprovou a continuidade do movimento. A próxima assembleia será realizada no dia 13/10, próxima quinta-feira, às 13h, na Justiça Federal. Em seguida a categoria vai realizar um ato público no local.

Sindijufe-MT: Em Mato Grosso, os servidores, que já estão em greve por tempo desde o dia 7 de junho, continuam a paralisação pela aprovação do PCS. Todos os dias o sindicato promove assembleia de avaliação do movimento. A desta quinta-feira [06], foi na Justiça Federal. 

Sintrajud-SP: Servidores da Justiça Federal e do TRF, depois de promoveram uma paralisação de 72 horas, entraram em greve por tempo indeterminado no último dia 30 de setembro. Nesta quarta-feira [05], foi a vez dos servidores da Justiça do Trabalho da Barra Funda aderirem ao movimento. 

Sitra-AM/RR: Os servidores da Justiça do Trabalho no Amazonas entraram em greve por tempo indeterminado na terça-feira, 4 de outubro. Nesta sexta-feira [07] eles promovem, das 8h às 10h, um ato público em frente à sede do TRT, com a participação de trabalhadores dos Correios e dos bancários, também em greve por tempo indeterminado.

Sindicatos que já decidiram a data do início da greve
Sintrajufe-MA: Os servidores do Maranhão entrarão em greve por tempo indeterminado na próxima segunda-feira, 10 d eoutubro. A primeira atividade unificada da greve será na segunda-feira, às 11h, no TRT. A cidade de Caxias já consolidou sua entrada no movimento e de lá possivelmente a greve se estenderá para a região dos Cocais. O sindicato está planejando atividades em cidades como Bacabal e Imperatriz.

Sindjuf-PB: Os servidores do Judiciário Federal decidiram iniciar a greve por tempo indeterminado a partir do dia 13 de outubro. Em assembleia no último dia 05/10, os servidores da JF confirmaram que vão aderir à paralisação. Na Justiça Eleitoral, eles decidiram no início da manhã do dia 13 lacrar a porta principal do Tribunal e permitir a entrada ao estacionamento apenas dos juízes e carros oficiais. 

Sintrajuf-PE: Em Pernambuco, a greve por tempo indeterminado terá início no dia 18 de outubro. Nesta quinta-feira [06], eles promoveram paralisação de 24 horas, cuja concentração ocorreu nas varas do trabalho da Sudene, com a participação de cerca de 130 servidores das Justiças do Trabalho, Eleitoral, TRF e Justiça Federal.

Sisejufe-RJ: No Rio de Janeiro, a categoria já decidiu paralisar os trabalhos a partir do dia 19 de outubro. Nesta quarta-feira [05] o sindicato intensificou o trabalho de mobilização com o objetivo de organizar a greve. Foram feitas visitas na Seção Judiciária da Almirante Barroso, no TRF, no Foro da Venezuela e o TRT. 

Sintrajufe-PI: No dia 20 de outubro será a vez dos servidores do Piauí iniciarem a greve por tempo indeterminado. Mas antes disso, a categoria realizará nova paralisação de 24 horas, na próxima terça-feira [11].

Paralisação de 24 horas
Sintrajusc-SC: Em assembleia na terça-feira [04], os servidores aprovaram paralisação de 24 horas no dia 18 de outubro. Além da ssembleia, foi realizado um ato público, com a participação servidores das três justiças, incluindo de São José, de Laguna e Criciúma.

Sitraemg-MG: Os quase 750 servidores presentes na assembleia desta quarta-feira [05] decidiram promover novo ato público na próxima terça-feira, dia 11 de outubro, às 13h, em frente ao prédio do TRE e outra paralisação de 24 horas na quarta-feira seguinte, 19 de outubro, acompanhada de ato público, desta vez em frente ao prédio da Justiça Federal em Belo Horizonte, também às 13h.

Assembleias para discutir a entrada na greve
Sintrajufe-RS: Dia 8 de outubro, sábado, às 14h, no auditório das varas trabalhistas, ocorrerá a assembleia geral do Sintrajufe-RS para definir o início da greve por tempo indeterminado no Rio Grande do Sul.

Sindjus-AL: De 11 a 17 de outubro, o sindicato realizará assembleias setoriais no TRT, na JF, no TRE e na PRT. E no dia 18 de outubro, será realizada assembleia geral para definir a deflagração da greve por tempo indeterminado. O encontro será às 9h, na sede do sindicato.

Sintrajufe-CE: No dia 18 de outubro, o sindicato realizará assembleias em vários locais de trabalho para definir a adesão ao movimento. Às 10h30 da manhã, o encontro será com os servidores da 21ª Vara Federal [Unifor], em Fortaleza. E às 13h, a assembleia será no átrio do Edifício [Anexo Aldeota]. Já às 15h, o encontro será com os servidores das Subseções Judiciárias de Juazeiro do Norte, Quixadá e Sobral.

Da Fenajufe, com informações dos sindicatos filiados

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *