São João: Nem tudo são flores.

São João: Nem tudo são flores.

 

Parabenizo e agradeço o Secretario de Cultura de Jequié por ter prezado pela coragem e pelo bom senso ao selecionar as atrações do nosso São João, definitivamente, a melhor programação da história. Entretanto, convenhamos: a ornamentação dos espaços da festa… Está horrível. Não pela coloração das bandeirolas, mas pela incipiente quantidade.
Faltam placas decorativas com a imagem do grande homenageado, Dominguinhos; falta iluminação, falta uma caracterização mais fidedigna das “casinhas” da Praça Ruy Barbosa, isso sem falar da pouca de divulgação. Sendo assim, pergunto eu: se o São João de Jequié é uma referência para todo o estado da Bahia, e de suma importância para a nossa economia, porque os nossos governantes economizaram tanto na decoração, fundamento imprescindível para o sucesso da festa? Como justificar um “palco” ridículo como o que estar montado na Vila Junina? É injustificável. Espero que a Praça da Bandeira se sobreponha em beleza e organização.
 Queria ressaltar que, a programação musical da Vila Junina, diferentemente da que foi estabelecida na Praça da Bandeira, é medíocre; que critérios foram usados para contratar essa gente? Os “forrozeiros” do último sabado então… Que foi aquilo? Vadi retro, Satanás.

Por L.R

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *