Marca dos 180 dias

 

 

O prefeito Luiz Amaral  dá demonstrações de que não está safisteito com o curso inicial de sua administração, criticada por maioria da população.  Esta pelo menos tem sido a leitura que fazem seus interlocutores. Estaria o prefeito,  inclusive,  estabelecendo a marca dos 180 dias, seis meses de mandato , para tentar mudar o rumo da administração. Sabe-se  evidentemente não ser essa uma tarefa tão simples. A base do seu descontentamento está implícito nos acordos políticos que fez, ainda na época da campanha.

 

Tem muita gente indicada e nomeada que não está rendendo o esperado e o necessário. Ele, o prefeito, é quem paga o pato. O povo chia. O voto e a confiança   foram dados ao gestor.  “Que Luiz não permita ser destruído por Amaral”, como nos relata numa inteligente e bem elaborada reflexão a internauta e leitora Linda Matias.

 

Ainda existe tempo para uma reação positiva. Se isso  acontecer, quem sairá ganhando é Jequié. Caso contrário…

 

Matéria extraida do site de Wilson Novaes

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *