Categoria decide aceitar revisão salarial da Prefeitura de Jequié, mas exige o retroativo

Conforme os desdobramentos da Campanha Salarial 2018, o SINSERV apresentou, na manhã de quinta-feira (02/08), mais um resultado da rodada de debate com o Governo através da Comissão Permanente de Negociação (CPN). A assembleia geral aconteceu na Câmara de Vereadores e contou com um número expressivo de servidores que ampliou o debate sobre a proposta apresentada pelo Prefeito Sergio da Gameleira.
 
Após ampla discussão, por unanimidade, a categoria concluiu em aceitar o índice de 1,81% a título de revisão salarial a ser aplicado na folha de agosto. A proposta do munícipio incluiu a garantia de funcionamento, já em setembro, da Comissão de Desenvolvimento Funcional – vinculada ao Plano de Cargo, Lei 1992/16 – também aprovada pelos presentes.
 
O entrave durante a assembleia foi a negativa sobre a retroação salarial, prevista para março passado, conforme prevê o Plano de Cargos. Insatisfeita, a categoria desaprovou esse descompasso do Governo em não atender à data base alegando falta de recursos financeiros.
 
A Diretoria do SINSERV vê avanços nas primeiras propostas, mas saiu em defesa dos trabalhadores por entender que o Município precisa cumprir a legislação. Até porque isso tem resultado em prejuízo ao funcionalismo municipal que precisa receber seu salário atualizado e com o mesmo poder de compra relacionado ao reajuste do salário mínimo.
 
Após a assembleia o sindicato encaminhou o ofício nº 154/2018, ao presidente da CPN, informando sobre as deliberações ao tempo em que solicitou uma nova audiência com o Governo para encaminhar as deliberações dos servidores. As negociações continuam na defesa dos direitos trabalhistas. Portanto, o SINSERV continua aberto ao diálogo com a Prefeitura Municipal de Jequié por entender que o diálogo ainda é a melhor saída para evitar o desgaste junto à categoria.
 
Antonio Argolo – SINSERV

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *