Audiência teve duração de quatro horas sem apresentar indícios de melhoria na saúde municipal

Foram cerca de quatro horas e meia de pronunciamentos, a maioria absoluta deles refletindo o absoluto desgaste entre a maioria  dos representantes do legislativo [inclusive parte dos que integram a bancada da maioria] e o executivo municipal.

 

 

 

Em que pese a validade da proposta formulada pelo vereador Ednael Almeida, presidente da Câmara, de realizar uma audiência pública, com o objetivo de “debater e buscar soluções para a melhoria da saúde pública municipal”, a reunião realizada na noite de terça-feira (23) foi encerrada sem indícios que apontem para as desejadas melhorias do sistema.

 

A secretária Stela Souza, munida dos valores mensais repassados pelo governo federal para a saúde municipal (Portal Datasus), fez a apresentação de dados comparativos entre os serviços prestados à população entre os exercícios de 2009 e 2010. O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Celso Argôlo e os vereadores que se pronunciaram apontaram as deficiências pontuais do setor, sem o surgimento de nenhum dado novo em relação ao que vem sendo denunciado diáriamente pela população usuária. Nenhum dirigente de clínica privada conveniada [responsáveis por reclamações freqüentes de atrasos nas faturas e de ameaças de suspensão dos atendimentos à população] compareceu para debater, apesar de convidados.O vice-prefeito Eduardo Lopes, demonstrando flagrante irritação com as críticas contundentes dos vereadores de oposição, defendeu de maneira direta, a atuação da Secretária Stela, procurando atribuir as deficiências aos valores dos repasses dos valores pelos governos federal e estadual “o município é quem assume a responsabilidade maior de manter o sistema”, disse. Os dois vereadores petistas discordaram das colocações saindo nas defesas das duas esferas de governo.

 

Conclusão 1 : Faltou consistência técnica nos debatedores para discutir  o assunto com conhecimento mais apurado do sistema;

Conclusão 2: A população de baixa renda e, infelizmente,  tende a permanecer no mesmo patamar atual. Sofrendo pela falta de um serviço de melhor qualidade.

 

Fonte:jequiereporter.com.br

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *