SINSERV anuncia paralisação geral.

A situação se tornou insuportável. O poder executivo municipal não soube fazer uso da benevolência dos servidores que, a pedido do vice-prefeito, estenderam o prazo do reajuste salarial que deveria ter sido concedido desde o início do ano, para uma data estabelecida pelo próprio Eduardo Lopes. Nesse sentido, o SINSERV tem tentado de todas as formas convencer os nossos representantes públicos quanto a legitimidade e acima de tudo, a necessidade deste reajuste.  Infelizmente, o prefeito perece não ter se sensibilizado com a causa, pois ainda não emitiu nenhum parecer favorável, levando assim, a entidade proclamar em uma mega assembléia com quase mil servidores realizada na manhã de hoje (6) no audotório do IERP, uma paralisação geral para a próxima segunda feira (10).

Por L.R 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *