ASSEMBLÉIA COM SERVIDORES DA EDUCAÇÃO: Categoria reivindica por pagamento de horas extras

Com a edição de diversos decretos, o executivo municipal cortou o pagamento das horas extras trabalhadas, fazendo com que os servidores trabalhassem aos sábados, recebendo como pagamento a compensação dos dias trabalhados a mais em folgas.

 Após a Campanha Salarial dos professores seguida de greve, foi exigido pelo executivo municipal que os servidores (que trabalham nas Escolas) trabalhassem além da jornada, recebendo as indenizações em folgas. Em assembléia realizada na sede do SINSERV nesta segunda-feira (18/04/2011), os servidores que trabalham na Secretaria de Educação decidiram por não mais compensarem as horas extras trabalhadas por folgas. A assembléia rejeitou a proposta da secretaria de educação, deliberando que o trabalho, além da jornada de 30 horas semanal e 120 mensal, só será feito com O PAGAMENTO DE HORAS EXTRAS.

Na oportunidade foram discutidos vários assuntos, como o adicional de insalubridade, adicional noturno, Plano de Cargos, Carreira e Salários, dentre outros assuntos de interesse da categoria.Foi formada uma Comissão composta pelos diretores do SINSERV e duas servidoras da base, que apresentarão as deliberações da assembléia a Secretária de Educação, Professora Mirian Rotandano, nesta quarta-feira, às 14 horas.    

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *